O Nosso Curso

Engenharia Zootécnica

O curso de Licenciatura em Engenharia Zootécnica é um curso de 1º ciclo (180 ECTS) que se desenvolve em 6 semestres lectivos.

Este curso é realizado em ambiente de trabalho orientado essencialmente para a investigação científica e o futuro licenciado terá a preparação necessária para expressar capacidades e competências em diferentes planos:

  • Plano intelectual:

Estruturar a sua autoaprendizagem, aplicar metodologias científicas e descrever, formular e comunicar correctamente a diversos tipos de interlocutores (produtores, cientistas, opinião publica, etc.) questões relativamente complexas sobre os resultados produtivos.

  • Plano profissional e académico:

Ser capaz de se interrogar sobre metodologias utilizadas e demonstrar capacidade de adquirir conhecimentos científicos fundamentais da sua área de formação.

  • Plano da actividade prática:

Revelar capacidade de análise e intervenção em questões práticas (maneio dos animais, alimentação, melhoramento genético, reprodução, gestão técnico-económica das explorações, produção de alimentos de origem animal, segurança e controlo de qualidade, impactos ambientais, ...) num contexto profissional.


Desta forma, este 1º ciclo tem uma componente sólida de formação básica em ciências da engenharia de produção animal, mas também formação já orientada para as biotecnias de produção, as instalações e os equipamentos pecuários, a transformação dos produtos animais, a gestão das explorações pecuárias e o seu enquadramento na actividade económica.

O Licenciado estará apto a entrar no mercado de trabalho nas diversas áreas que esta actividade contempla ou prosseguir estudos de 2º ciclo.

Saídas profissionais: 

  • Serviços Públicos:

Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas; instituições de investigação científica e tecnológica; organismos de controlo de qualidade dos produtos de origem animal; parques naturais; autarquias; Ministério da Educação; Ministério da Ciência e do Ensino Superior.

  • Entidades Privadas:

Empresas agro-pecuárias (equinos, bovinos, suínos, aves, ovinos e caprinos, aquacultura, caça e gestão de ecossistemas, ...); indústrias de transformação agro-alimentar; indústrias produtoras de alimentos para animais; organismos de controlo de qualidade de produtos de origem animal; parques naturais e zoológicos; centros hípicos e escolas de equitação; gabinetes técnicos e de consultadoria na produção, transformação e controlo de qualidade dos produtos e do ambiente; empresas de projecto e construção de instalações e equipamentos pecuários; empresas ligadas ao melhoramento genético dos animais; sector de comércio e distribuição.

  • Sector Associativo e Cooperativo


  • Auto-emprego:

Empresas de produção, transformação ou comercialização de produtos agro-pecuários; gabinetes técnicos e de consultadoria.